sábado, 23 de setembro de 2017

Renascer


Eu já vi o fim do mundo diversas vezes e no dia seguinte o Sol nasceu pra mim. Marlon( PRÍNCIPE MALUCO)

Palavras de uma rainha


''O crime não compensa. A literatura compensa?''JAMAIS, ela só nos leva ao fracasso . Hoje acordei as 4 da manhã, depois de varias tentativas percebi que não sei mais escrever, fiquei feliz.
Clarice Lispector

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ROBERTO


Eu sei que flores existiram
Mas que não resistiram
A vendavais constantes

Eu sei que as cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci
ROBERTO CARLOS

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Caio


Depois de todas as tempestades e naufrágios o que fica de mim e em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro.
Caio Fernando Abreu

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Maldade




Amigos próximos afirmam que o rapaz passava por uma depressão a oito meses e no inicio do mês foi hostilizado por duas pessoas da família em razão de sua homoafetividade.
Nos últimos meses o rapaz sinalizou a ideia de suicídio para familiares que não levaram a serio devido ao fato dele sempre ter sido alto astral e supostamente bem resolvido.
Junior Farias se jogou do 10º andar na manhã deste sábado (16).
Junior caiu praticamente destroçado e ficou com pulso fraco, tendo espasmos musculares e quando os bombeiros chegaram ele já estava morto. Ele foi encaminhado para o IML e continua sem identificação certa. Ficou no chão coberto com um lençol até o IML chegar. O jovem é da cidade de Coronel Ezequiel, no RN.

Mais amor


É preciso


"É preciso pagar o preço da descoberta, do aventurar-se no desconhecido, de rever e abandonar, às vezes, tudo que se acreditava. É preciso soltar a bagagem no meio do caminho e estar aberto a todas as infinitas possibilidades."
Hélio Couto

sábado, 9 de setembro de 2017

Alma



Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria. Isso pra mim é viver.
Djavan

Eu quero


Queria uma pessoa aqui, mas não qualquer pessoa, queria Kafka, Fernando Pessoa, Clarice, Sartre ou o Marquees de Sade. Quem sabe os cinco ao mesmo tempo, poderia ficar calado apenas ouvindo e servindo café ou chá...faria o maximo para diminuir a timidez de Kafka e Pessoa, mostraria para Clarice que tenho GH gravada na minha pele, contaria pra Sartre sobre a minha náusea, já o Marquês ...Ah! Esse eu precisaria de uma particular, contar pra ele algumas mudanças que ocorreram no mundo, levaria ele pra conhecer uns locais. O estranho é que essa ideia absurda me parece às vezes tão palpável, já que sinto a presença deles. estamos tão próximos que sinto como se fossemos íntimos, no fundo eu sem o contato com eles não seria quem sou. Poderia ter a mesma matéria, porém o interior seria um alguém muito diferente de mim. Vocês estão certos, todos os homens são mortais, mas antes que no mundo sobre apenas um homem e uma barata vocês estarão sempre presentes, transformando muitos mundos particulares.
Evandro Oliveira

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Somos todos possíveis . . .


Uma prova de força, RESISTÊNCIA e amor...
Um homem mulher que deu certo!
Mais um anjo volta para casa.
Obrigado Rogéria , por nos lembrar que somos todos possíveis ...

domingo, 3 de setembro de 2017

Indico


Divulgue


Poderiam, pelo menos, três dos meus amigos do Facebook, por favor, copiar e colar no seu mural?
Prevenção ao Suicídio
CVV Brasil 141
0800 290 0024
Não compartilhe, copie e cole!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Sem Maravilha


Fui no show da Mara Maravilha em uma danceteria LGBT,em 2016, onde ela pediu perdão a comunidade LGBT por trata-los como aberração. Confesso fiquei comovido,( sempre gostei dela) mas após declarações recentes, eu creio que seu arrependimento era pura MENTIRA.
O desafio é humanizar o sistema, os médicos, as bulas e as mulas.
Nem todas as bíblias do mundo juntas pesa mais que uma grama de amor.
Pecado é aceitar os mecanismos de exclusão e selecionar seres humanos por fatores biológicos, raciais, étnicos ou sexuais. Todos são filhos amados por Deus. Aberração é o preconceito!

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

O que fazer?


O que fazer de nós quando a linguagem não dá mais conta de expressar o que sentimos?
Marlon( Príncipe maluco)

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

A morte


Há, a respeito da morte, concepções totalmente distanciadas da realidade. Quando alguém morre fulminado por um enfarte violento, costuma-se dizer:
"Que morte maravilhosa! Não sofreu nada!"
No entanto, é uma morte indesejável.
Falecendo em plena vitalidade, salvo se altamente espiritualizado, ele terá problemas de desligamento e adaptação, pois serão muito fortes nele as impressões e interesses relacionados com a existência física.
Se a causa da morte é o câncer, após prolongados sofrimentos, em dores atrozes, com o paciente definhando lentamente, decompondo-se em vida, fala-se:
"Que morte horrível! Quanto sofrimento!"
Paradoxalmente, é uma boa morte.
Doença prolongada é tratamento de beleza para o Espírito. As dores físicas atuam como inestimável recurso terapêutico, ajudando-o a superar as ilusões do Mundo, além de depurá-lo como válvulas de escoamento das impurezas morais.
Livro: Quem tem medo da Morte – Richard Simonetti

Verdade


"Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor. ... "Paulo Freire